domingo, 31 de maio de 2009

Depressão - causa, motivo


 causa exata da depressão permanece desconhecida. A explicação mais provavelmente correta é o desequilíbrio bioquímico dos neurônios responsáveis pelo controle do estado de humor. Esta afirmação baseia-se na comprovada eficácia dos antidepressivos. O fato de ser um desequilíbrio bioquímico não exclui tratamentos não farmacológicos. O uso continuado da palavra pode levar a pessoa a obter uma compensação bioquímica. Apesar disso nunca ter sido provado, o contrário também nunca foi.
Eventos que desencadeiam são muito estudados e de fato encontra-se relação entre certos acontecimentos estressantes na vida das pessoas e o início de um episódio depressivo. Contudo tais eventos não podem ser responsabilizados pela manutenção da depressão. Na prática a maioria das pessoas que sofre um revés se recupera com o tempo. Se os reveses da vida causassem depressão todas as pessoas a eles submetidos estariam deprimidas e não é isto o que se observa. Os eventos estressantes provavelmente disparam a depressão nas pessoas predispostas, vulneráveis. Exemplos de eventos estressantes são perda de pessoa querida, perda de emprego, mudança de habitação contra vontade, doença grave, pequenas contrariedades não são consideradas como eventos fortes o suficiente para desencadear depressão. O que torna as pessoas vulneráveis ainda é objeto de estudos. A influência genética como em toda medicina é muito considerada e estudada. Trabalhos recentes mostram que mais do que a influência genética, o ambiente durante a infância pode predispor mais as pessoas. O fator genético é fundamental uma vez que os gêmeos idênticos ficam mais deprimidos do que os gêmeos não idênticos.

8 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Passei aqui e gostei do teu blog. Se puder me visitar,vou adorar.
    http://sindromemm.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. meu filho sofre dessa doença assim coo a minha sogra muitas vezes não sei o que fazer ou falar e em muitos momentos eu fico calada observando-o para não encomoda-lo ja que ele não fala quase nada durante um dia inteiro.por isso sigo esse blog e fiz um cometando sobre o meu coração de mãe

    ResponderExcluir
  3. Beatriz,
    não basta SÓ observá-los sabe... precisamos nos sentir importantes! Indiretamente deixe seu filho PERCEBER que algo que ele faz é MUITO IMPORTANTE. Saliente as coisas que ele faz bem feitas - nem que seja pentear o cabelo, ou mesmo reforce algo que ele fez comentando que ficou bom com POSITIVIDADE como: "FICOU ÓTIMO" ou "NOSSA, FICOU EXCELENTE!!" E deixe ele se entir importante em alguma coisa. Compre ou adote um cachorro para ele cuidar e brincar. Diga que o cachorro precisa "DA AJUDA DELE" especalmente DELE - que o cachorro gostou muito dele ou coisas do tipo. Quem passa por estes problemas precisa "SE VERR IMPORTANTE". Desperte este sentimento nele e você o estará levando na metade do caminho da CURA. Não esqueça de buscar a DEUS Ele nos dá SABEDORIA e força!!!

    ResponderExcluir
  4. Como surge a depressão? Quais os sintomas? Você imagina que tem depressão? Se esse fantasma o assusta, a Voz da Profecia garante a você que é possível superá-lo.

    A depressão se parece com uma sensação de desapontamento. Parece uma sombra, uma nuvem densa em cima da sua cabeça. Você se levanta cansado e tudo o que faz exige bastante esforço.

    Tudo fica mais difícil. Aí você quase não sai, não aceita convites, prefere isolar-se cada vez mais.

    Você tenta não entregar-se, procura combater esse gigante, mas volta a sentir um desânimo que suga toda a energia restante.

    Parece que uma escuridão o cerca por todos os lados e você começa a descer ao poço sem fundo da depressão.

    Os psicólogos afirmam que a depressão aflige a pessoa mais do que qualquer outra doença. E se houver alguma outra enfermidade, tal doença na presença da depressão galopa na direção errada.

    A depressão nos ronda muito mais do que imaginamos. Especialmente nas cidades grandes. A selva de concreto se tornou tão cruel conosco, não só pelas ofensas, mas também por nos ignorar e depois nos agredir com o espectro do medo.

    ResponderExcluir
  5. Esses dias fiquei surpreendido ao saber que 46% da população de São Paulo já teve algum tipo de atendimento psicológico. O fato mais perturbador segundo os profissionais é que os casos não tratados de depressão atingem números alarmantes.

    A depressão pode estar ligada a alguma perda que tivemos. De um parente, a perda do namorado, da auto-estima, a perda de um emprego ou o medo de perdê-lo. Também pode estar ligada a uma reação de desapontamento, uma frustração grave e dolorida. Geralmente são ferimentos emocionais.

    Comumente as pessoas estacionam em um clima negativo, descrito pelos especialistas como baixo astral. Elas conseguem viver, mas tudo ao redor fica sombrio e se sentem "pra baixo".

    Às vezes foi um insulto, uma rejeição, uma injustiça sofrida, multiplicados pela tristeza e pela raiva.

    A chave para a depressão está em nossa reação a ela, nossa atitude para com essas coisas ruins que cruzam nosso caminho.

    A depressão se desenvolve no cérebro. Se quisermos atacar de frente a depressão, temos que eliminar hábitos errados de pensar. Isso não é fácil, mas através da graça de Deus se torna possível.

    Foi exatamente isso que aconteceu com o apóstolo Paulo quando escreveu a carta aos Filipenses. Estava preso dentro de um calabouço romano, escuro e úmido. Com certeza era uma forte razão para um grande desapontamento e tristeza.

    O ativo e incansável batalhador do Evangelho, estava agora confinado entre paredes geladas de pedra. Dali escreve uma carta de ânimo aos filhos na fé. Filipenses começa e termina invocando a graça divina sobre todos eles.

    Paulo não deixou seus pensamentos afundarem na escuridão das circunstâncias. Não permitiu que a ansiedade, o ressentimento e a raiva o dominassem.

    ResponderExcluir
  6. Paulo colocou sua situacão depressiva nas mãos de Deus. Ele apontou seu problema na direção do Céu e quando fez isso, começou a ver a luz iluminando a masmorra fria e insalubre. Ele viu que a graça de Deus podia fazer coisas positivas por ele. Que era capaz de reverter os seus problemas, mágoas e tristezas. E ainda conseguiu escrever estas palavras, que estão registradas em sua carta aos Filipenses:

    "As coisas que me aconteceram contribuíram para o progresso do Evangelho". Filipenses 1:12.

    "Dou graças ao meu Deus quando me lembro de vós." Filipenses 1:3

    "Regozijai-vos sempre no Senhor. Outra vez digo, regozijai-vos." Fil. 4:4

    "Posso todas as coisas naquele que me fortalece." Filip 4:13

    "Esquecendo-me das coisas que para traz ficam, prossigo para o alvo." Filipenses 3:13 e 14

    Na cela solitária poderia relembrar o passado e abominar o presente, mas resolveu acreditar no futuro. Decidiu ser alegre e agradecer.

    Reverteu todo o quadro da depressão e mergulhou nas promessas divinas a ponto sentir-se feliz mesmo ali onde estava.

    Conseguiu desfocar o problema pungente, para enaltecer as vitórias do Evangelho: "Com isto me regozijo, disse ele, sim, sempre me regozijarei." Filipenses 1:18

    Como então podemos superar a depressão?

    Além de procurar um médico, porque depressão é doença, a fé é um elemento fundamental no processo da cura da depressão e muitas vezes o fator decisivo. É preciso confiar em Deus e pensar positivamente.

    Um cardiologista chamado para uma emergência, antes de sair indicou uma paciente aos seus assistentes dizendo: "esta moça é portadora de TS."

    Como ela não sabia que TS era a sigla da sua doença, imaginou logo que TS era o código das palavras em inglês: Terminal State = estado terminal. Deprimida pensou que seus dias estavam contados e morreu em poucos dias na UTI do hospital.

    O reverso também ocorre. Um senhor com o coração enfraquecido, estava em situação gravíssima. Normalmente o coração tem dois sons apenas. Mas este era um caso de falência do músculo cardíaco, e surgiu um terceiro som denominado "ritmo de galope", estágio terminal da doença. O cardiologista disse aos alunos: "agora vocês vão assistir a um bom galope." Mas o incrível aconteceu. O paciente em duas semanas recebeu alta completamente curado.

    Ele havia entendido que o bom galope seria a reabilitação que ele teria. Imediatamente quando ouviu a expressão, a esperança estimulou sua mente e o processo de cura e restauração foi iniciado para a sua imensa alegria.

    Amigo, mediante a confiança em Deus, você pode superar todos os seus problemas. Inclusive a depressão. E deixar aos cuidados divinos toda e qualquer dificuldade que esteja enfrentando. Deixe suas preocupações e fardos aos cuidados do Salvador Jesus, que disse: "Venham a Mim todos os cansados e oprimidos e Eu os aliviarei." Mateus 11:28

    Se você acreditar em Jesus, começará em você o milagre da cura e da restauração.

    ResponderExcluir
  7. meu nome é luciana ,sofri de depressao por 12 anos seguidos, anos esses que nao desejo nem pro inimigo,me levou a depessao,carga de trabalho, trabalhava 8 horas por dia numa industria de tecidos em Minas, 23 anos direto, pressao,pressao cobrancas,a depressao quando chegou devastou minha vida totalmente,trabalhava cuidava da minha casa e de minha mae, que era totalmente dependente demim ,pois nao andava , moravamos em bairros distantes isso era cansativo ,total de suicidios de minha familia foram 4 ,UMA irma marilene teve ideia de suicidar em 2001,no ano seguite minha sobrinha rosane pulou no rio se afogou ,no mesmo ano outro sobrinho wuilian irmao de rosane se enforcou no cemiterio da cidade, minha outra irma cristina pulou no rio
    e morreu 2008, foram perdas de suicidio, minha mae faleceu no mesmo ano de 2008, de tristeza , 4 meses depois meu iramo jorge morreu , ficou 5 meses trancado dentro de casa ,achararm morto. fui no chao, varias vezes planejei minha morte ,todas deram errada DEUS me livrou de todas , sofia muito chorava desperadamente, andava pelas ruas ,minha filha tentei por fogo na casa com ela dentro, meu ex marido foi embora por nao ter aguntado, foram 12 anos perdidos remedio fortes,alucinacoes, abstinencia nao dores insuportaveis nao desejo a ninguem isso.... cuide de um depressivo com carinho porque e triste demais... hoje to melhor passou ,mas esquecer nunca, ficou marcas na alma...DEUS me gurdaou daqule espirito suicida que matou 5 da minha familia.... se cuide abracos

    ResponderExcluir